Atrevidos

tree-1750784_1920

lá dentro da quaresmeira da linda mangueira
há uma obra em arte,
pitiguaris
de dorso preto
e de peito amarelo,
quase limão,
poetas de orvalho

somos Pitiguaris
cantando aqui e ali,
se a alguns só piamos,
para outros cantamos

nós somos atrevidos,
entoamos canções
que ninguém quer ouvir,
ninguém ousa sentir

se a vida é uma composição,
nela vivemos nos fios,
dançamos em altos e baixos,
pra escrever a nossa canção

mas lá na selva de pedra em dias deserto
a mangueira secou
Pitiguaris
de plumas vermelhas
e de peito aberto
quase irmãos
poetas do asfalto

somos Pitiguaris
escrevemos nos muros,
se a alguns assustamos,
outro sonho embalamos

nós somos atrevidos,
insistimos canções
que ninguém quer ouvir,
só alguns vão sentir

se a vida é uma composição,
nela vivemos nos fios,
dançamos em altos e baixos,
percorrer a nossa canção

Link para a canção

[a letra é parceria com o querido amigo Cometa; a melodia é dele]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s