tanto que

ali o sol dava
um grito de
escuridão

paria as noites
onde o segredo
das esquinas
mergulhava nas
covas de cada
rosto assustado

mas nunca foi ele
a desenterrar quaisquer
mentiras de si

nem suas verdades
lhe reverteram
angústias

como se só luz
estivesse deitada
nos riachos
em que a gente
costuma pescar ilusão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s