nico

o meninico,
feito toda criança,
ia como espelho aberto
entre gritos
iluminar os quartos
escuros da casa

ia a dizer que as
estrelas dormiam nuas
e que a lua, assustada
passava em claro
a noite escura
que era pra não perder-se
das esperanças do sol

tanto medo
[em nada de festas
em nada de danças
em nada de forças]

ia a tombar os copos
de leite preparados
no então do que ele bebia,
sempre a cumprir
missão de ser grande

ia a caminhar torto e lento,
gordo, sob um véu de
príncipe que diziam reto
infalível nas todas direções

herdeiro, ia a vomitar palavras
e se afogar em números do
castelo de letras e contas em
que desenhavam seu busto

ia tímido e estranho,
feio até como os normais,
no palco infinito em que lhe
lançavam dançarino, talento,
infinito desejo de toda gente

ia a perder-se nas noites
em que lhe esperavam festas
bailes e moças-de-pinturas

ia cocho e bobo no dorso
de Branco, enredado e mudo
atordoado nos seus
desconhecidos destinos

ia menino. e só.

nicota ia menino
quando lhe esperavam Rei

ia quieto
quando lhe queriam salmos

ia sujo, escondido,
quando lhe exigiam brilho
capa e fantasias

[essas, deles as mais infinitas
essas, deles que agora suas,
e um tempo de quebranças]

ia espelho,
e também Estado vazio
quando lhe desenhavam
povo e poderes

ia espelho
porque ia fardo
farto de tudo
o que não lhe era
vísceras, ecos
torto de ser um
boneco-de-si
entre as verdades

nico, que queria
pouco do poço apagado
das suas nascentes,

um pouco.

devia de ser outras coisas:
ser uma gente tranquila
desmontada dos outros
destinos,
e ser um brinquedinho próprio
procópio entre seus mundos
sempre eleger caminhos
escolher os pratos
cometer os medos
dizer silêncios

nico,
nico não queria espelhos
doídos
nem nunca revelar segredos
desvios destinos
de quem lhe
fizera existir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s