defeso

barco
com janeiro
mês de azuis
retraiu-se:

fez
defeso do amor

antes, seguia
avanços
predatórios
em redes cheias

amores
desenganados
debatendo-se
em suspiros
finais, agonizantes

agora,
o defeso
encerrava a pesca.
bastaria o tempo
pra renovar
esperanças

até que as redes
voltassem ao mar

e o amor
lhe tomasse
em cardumes
prateados

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s