parte de mim

water-1501291_1920
vai, é teu tempo de navegar
solta os laços
vai ter o mar
se há nós
te atando ao cais
toma o vento
e parte de mim

vai contigo sob o luar
noites tristes
são sempre assim
arremesso e arrebentações
tantos portos e solidões
e o mar não quer terminar
não há volta e onde atracar
se um naufrágio chamar por ti
pede ao tempo pra te enredar

melodias com teus irmãos
não ancora teu coração
vai às ruas vai caminhar
deixa o mar se esquecer de ti

numa esquina um dia comum
quando o sol já morar em ti
diz ao céu um verso qualquer
pede ao vento trazer pra mim

que te escuto tão longe amor
e tão longe é dentro de mim

Imagem de dakhlallah, Pixabay.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s