roseni

roseni
acordou nublada
colada na cama.
não sairia do útero-quarto
onde gestava amarguras

acordou disposta a viver
cada segundo de ontem
cada imagem de amanhã

mas hoje? não.
hoje era nada outro dia.
seu espelho
no quarto parado.
refletia vazio

resolveu que ia chover

assim passou as horas
escorrendo, derretendo
evaporando

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s